Seja Bem Vindo,

Publicações > Artigos Publicados

1 2 3
Gestão de Desempenho no Setor Público: dificuldades e alternativas de soluções

Dimensões Intervenientes na Produtividade e no Planejamento da Força de Trabalho de um Tribunal de Justiça Estadual Brasileiro
Autor(es): Leandro Trigueiro-Fernandes, José Antonio Monteiro Hipólito, Miguel Eduardo Moreno Añez 
Ano: 2018

 

Esta pesquisa tem por objetivo identificar as dimensões intervenientes na produtividade e no Planejamento da Força de Trabalho – PFT. Pela escassez de literatura na área, optou-se pela realização de um estudo exploratório. A amostra constitui-se de 1.072 servidores e gestores de um Tribunal de Justiça. Adotou-se técnicas de análises fatorial, de confiabilidade e de correlação de Pearson. Os resultados apontaram para a existência de quatro dimensões intervenientes na produtividade e no PFT. Ao evidenciar esses fatores acredita-se que será possível o Tribunal orientar suas ações de modo a aumentar a produtividade de seus servidores e otimizar os recursos alocados.


Levantamento sobre a Gestão de Desempenho das Organizações
Autor(es):  Joel Souza Dutra, José A. M. Hipólito, Cassiano Machado Silva,  Nathalie Perret, Ney Miyahira, Luisa Lomazi 
Ano: 2017

 

Com o objetivo de compreender e verificar como as organizações vêm trabalhando a gestão do desempenho, nossa equipe realizou um levantamento com organizações que implantaram modelos de Gestão  de Pessoas desenvolvidos com base na metodologia elaborada pelo Professor Joel Dutra


Aplicação de Metodologia Participativa para Revisão do Plano de Cargos e Salários de um Banco Público: Vantagens, Dificuldades e Limitações
Autor(es):  Nathalie Perret, Ney Miyahira, José A. M. Hipólito
Ano: 2017

 

Para obter sucesso, um Plano de Cargos e Salários (PCS) precisa responder a alguns requisitos: alinhamento estratégico, consistência técnica, exequibilidade financeira, viabilidade jurídica e legitimidade política. Notamos que muitas organizações não atentam a tais requisitos em especial a legitimidade política, e como consequência, implantam soluções de forma protocolar e burocrática. Atribuímos parte do problema a processos de construção do Plano, que não trabalham efetivamente a comunicação e a legitimação. (...)


O Modelo Remuneratório por Subsídios e o Tratamento dado às Parcelas Complementares: Aplicação do Adicional de Insalubridade
Autor(es):  Nathalie Perret, Ney Miyahira, José A. M. Hipólito
Ano: 2015

Resumo:

Respaldado pela Constituição Federal de 1988 e consequentes legislações estaduais, as Organizações Públicas que sempre conviveram com multiplicidade de rubricas remuneratórias na remuneração de seus servidores de carreira, têm encontrado no modelo por subsídios uma alternativa para a desburocratização, a facilidade de gestão e a transparência. No entanto, o arcabouço legislativo apresenta lacunas que possibilitam multiplicidade de interpretações, ocasionando posicionamentos, em particular, no que diz respeito ao adicional de insalubridade. (...)


1 2 3

Entre em contato

+55 11 3815-4593

+55 11 99243-1509